Blog Populares

POP Viagem: Belo Horizonte

A Prefeitura de Belo Horizonte é associada a uma organização mundial dedicada ao turismo LGBT. (Foto: Getty Images)

A cidade de Belo Horizonte é cheia de atrações para o público LGBT. Confira esta terceira edição do POP Viagem voltado para o público queer, em uma série de quatro exemplares. 

A noite ferve em BH

Belo Horizonte é um dos destinos brasileiros que mais busca se comprometer com o turismo para o público queer. Em 2017, a Prefeitura da capital mineira filiou-se à International Gay & Lesbian Travel Association, organização mundial dedicada ao turismo LGBT. O que atrai na cidade são as noites badaladas, os passeios históricos e bares especializados. Os bairros Savassi, Floresta e Centro são onde ficam a maioria dos estabelecimentos friendlies. A boate dDuck Club, no Savassi, é garantia de noite com muita música pop. O gasto em média no local é de R$ 50 (entrada + quatro cervejas). No Club Factory, no mesmo bairro, depois da entrada (que custa R$ 25), é só performance e bate cabelo ao som de diva pop. No Bar da Cácia (entrada de R$ 5 a 7), no Centro, tem karokê na semana, e no Deputamadre, no Floresta, (entrada de R$ 20) tem som eletrônico e alternativo para as manas que gostam de fritar.

Onde ficar: O Hotel Chilli Pepper BH pode ser uma opção diferente de hospedagem. Apenas para o público masculino, o hotel organiza festinhas exclusivas e fica pertinho de algumas boates. Fica na Avenida do Contorno, 1328, bairro Floresta. A diária vai de R$ 83 à 179,00,  dependendo da acomodação.

Onde sair: Inclua no passeio uma visita à cidade histórica de Ouro Preto, a 96 km de BH. Dentre as atrações da cidade estão a Cachoeira dos Namorados, o Museu Aleijadinho e o Cine Teatro Vila Rica.

Dicas: Vale lembrar que BH é a terra do pão de queijo. Em toda bodega você encontra a iguaria mineira, mas vale experimentar no Mercado Central de BH, no Centro.

Recomendado para você