Os celulares já invadiram nossas vidas. Agora é a vez dos robôs, que se consolidam com a robótica educacional

A tecnologia está a cada dia mais presente em nossa vida, principalmente no cotidiano de nossos filhos, mais e mais cedo. Os celulares já invadiram a nossa vida. Agora é a vez dos Robôs. Veja mais detalhes…

Os robôs já estão presentes nas escolas. Muitos kits educacionais robóticos já estão disponíveis. Os mais conhecidos mundialmente são de fabricação da LEGO, de origem dinamarquesa. Há ainda no mercado, kits baseados em Arduíno, tecnologia italiana que invadiu o mundo. Há outros inúmeros fabricantes nacionais e internacionais de kits de robótica.

A Alemanha, maior país industrial da Europa, leva 11muito a sério. As crianças alemãs recebem aulas de robótica na escola de forma ampla. Por aqui, muitas escolas do Ceará já incluem em seus currículos aulas de robótica para crianças desde cedo.

 

 

Estudiosos defendem que a robótica educacional permite o desenvolvimento de raciocínio lógico, habilidades manuais, trabalho em grupo e aprendizado intuitivo de disciplinas como Física, Matemática, Informática e Eletrônica.

Desta forma, desenvolve a cognição e torna os jovens mais criativos e independentes. A presença da robótica já se consolidou nas escolas, tanto é que a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) ocorre desde 2006, disseminando a tecnologia inclusive no interior do Brasil, com mostras nacionais.

Há escolas públicas que oferecem cursos para seus alunos, tendo kits disponíveis para estudo. As escolas privadas também o fazem. Há também cursos especializados na área como as escolas Gênio Azul e o Instituto Experimentes em Fortaleza.

As Universidades e Institutos Federais estão na vanguarda. Na Universidade Federal do Ceará (UFC) está localizado o Laboratório Centauro, liderado pelo professor Guilherme Alencar Barreto.

O Instituto Federal do Ceará (IFCE), com sua capilaridade abrangendo todo o estado do Ceará, se apresenta com muitas ações em vários campi como Fortaleza, Maracanaú, Cedro, Crato, Limoeiro do Norte, Sobral, entre outros.

A etapa estadual da OBR de 2017 será sediada no IFCE, em Fortaleza, organizada pela professora Rejane Cavalcante Sá. Outro ator importante é Centro de Educação a Distância (CED) em Sobral, ligado à Secitece, Governo do Estado, que realiza capacitações sobre robótica para professores das redes pública de ensino de forma massiva e abrangente.

Não se sabe ainda qual o impacto final que a robótica educacional proporcionará em nossa sociedade. Sem dúvida, as crianças que utilizaram robótica como ferramenta de apoio ao ensino terão diferencial importante em sua formação.

Mesmo sabendo que ainda estamos distantes da situação de termos um robô doméstico em cada residência, já sabemos que os robôs estão nas escolas de nossos filhos. Preparemo-nos para o futuro.

Auzuir Ripardo de Alexandria,
Professor do Instituto Federal de Educação,
Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =