Blog Populares

Guia POP: Conheça a Farmácia do TinTim, no Centro de Pacajus

Há mais de 50 anos, farmacêutico atende clientes com boas histórias e produtos de qualidade no comércio localizado no coração de Pacajus

(Foto: Camila de Almeida/O POVO)

O clima dentro da farmácia do TinTim, em Pacajus, não é sério como poderíamos imaginar que seria um local para comprar remédios. Ao contrário, a análise de receitas médicas e a escolha de produtos ideais para as mais diversas enfermidades são envolvidas por risadas e conversas entres os clientes e o proprietário, Francisco José Menezes, conhecido como Tin – Tim. Aos 80 anos, TinTim faz questão de abrir e fechar o comércio, que funciona de segunda a segunda. “Se eu passo um dia sem vir aqui eu adoeço, fico ruim, fico aborrecido sem atender bem aos amigos. Chego às 7 horas e fico até às 20h, não tenho férias, não.”

Cheio de satisfação, ele conta que só saiu da cidade natal para estudar: primeiro em Fortaleza, onde fez a graduação em Farmácia na Universidade Federal do Ceará (UFC), e depois no Sudeste para fazer cursos de especializa – ção. “ Em São Paulo eu passei um mês, no Rio de Janeiro eu passei um mês, nunca deixaram saudade, eu tinha saudade era de Pacajus quando estava lá. Fui convidado para fazer Medicina na Rússia, mas não quis, minha vida era Pacajus, como é até hoje”, explica.

Ainda na infância, Francisco ganhou o apelido de TinTim, que dá nome à farmácia aberta em 1968, dois anos após conclusão da faculdade. “A dificuldade era o dinheiro para começar uma farmácia, mas um amigo meu, comerciante rico da cidade, me emprestou sem um tostão de juros, todo mês eu pagava”, lembra. Esse amigo e investi – dor, José Airton Moura, foi essencial para TinTim concretizar o plano de trabalhar com farmácia e, ao mesmo tempo, ser um comerciante como o pai dele foi.

O negócio deu tão certo que,até hoje, gente de todo o Interior do Ceará vai comprar remédios na farmácia, conta Tintim. Ali, é possível pagar com cartão de crédito, mas a caderneta do “fiado” não deixou de existir, justamente para preservar o público mais tradicional, explica o filho de TinTim, Bruno Menezes, 38. “Temos muitos clientes de Morada Nova, Aquiraz, Ocara, Parreira, que vêm receber a aposentadoria em Pacajus. Aí quando recebem o dinheiro já pagam, isso acontece há muitos, muitos e muitos anos”, narra.

Todos os quatro filhos de TinTim praticamente cresceram dentro da farmácia e, atualmente na administração do comércio com o pai, Bruno acompanha as várias gerações de clientes que entram ali. “Muita gente mais velha vem aqui e diz: Rapaz, quando eu era criança, meu pai me trazia aqui, e hoje eu trago os meus filhos. A questão está no preço acessível, no atendimento e na confiança, nós aqui sempre prezamos em criar um vínculo de amizade, um relacionamento com nosso cliente para que ele confie e a gente também possa confiar nele. Em mais de 50% da nossa clientela, na maioria, existe essa relação de confiança mútua”, garante.

É tanto que quando não tem um remédio, TinTim se compromete a conseguir para não deixar o cliente na mão. “Eu digo assim: terça, quarta, quinta ou sexta-feira tem aqui, ele aceita porque confia na palavra da gente”, diz.

O conhecimento sobre os medicamentos e o trato com as pessoas, TinTim divide com Bruno. “O que eu mais aprendi é que a maior sabedoria do homem é a honestidade, isso aí é o que ele passou para os filhos e também passa para as pessoas. E o cliente sempre tem razão, mesmo estando errado, se a gente tratar bem, atender bem, com humildade, ele vai voltar”, define o filho.

Essa cortesia com o freguês, o farmacêutico demonstra e ensina também a quem entrar na farmácia: “Ser humilde, o segredo é esse, ser amigo do freguês, aceitar a palavra dele. Por exemplo, ele diz: isso aqui está errado, eu quero meu dinheiro de volta, a gente dá sem confusão nem nada, é simples, é só você ser humilde”.

CLIENTES

“Eu sou taxista há 34 anos, trabalho nesse ponto, que é em frente à Farmácia, não tem um dia que eu não venha aqui na farmácia do TinTim conversar com ele, uma pessoa muito boa, eu gosto muito dele. Meus pais compravam medicamentos para mim, e hoje eu compro para a minha família na farmácia do TinTim, conhecido como doutor TinTim em Pacajus.” Francisco de Assis de Paulo, 56, taxista, conhecido como Pirriu

“Tenho 66 anos, todos eles em Pacajus e sempre frequentando a farmácia do doutor TinTim, porque é uma das farmácias mais tradicionais, é um senhor que sabe passar um remédio para um doente, e o cliente sai daqui feliz. E volta com saúde, essa é a missão do TinTim Menezes, ele é baluarte. É a pessoa mais experiente em saúde”. João Batista Neto Lima, 66, servidor público conhecido como Batista do Tuchinha

REMÉDIOS
Os medicamentos mais vendidos na Farmácia do TinTim são para infecções, verme, micoses, dor na coluna e gripe. Além das vitaminas, também com importante participação nas vendas.

MARCA
A farmácia de Francisco José Menezes, há cerca de 20 anos, ainda exibia a placa com o nome Farmácia Nossa Sra. da Conceição. Mas, todo mundo na cidade já conhecia o lugar por “farmácia do TinTim” e a alcunha virou a própria marca.

Farmácia do TinTim
Praça Carlos Jereissati, 200 – Centro (Pacajus)
Telefone: (85)3348.1714/ 99163.3500
Abre de segunda a segunda, das 7 horas às 20h