Fiducial cresce com o mercado


A Fiducial Imobiliária é um dos destaques no ramo de imóveis no Ceará. Com quase 40 anos de história, a empresa não deixa de se atualizar e acompanhar as novas tendências do mercadoEspecializada em vendas e aluguéis de imóveis, a Fiducial Imobiliária está há 38 anos atuando como uma empresa de grande porte no Ceará. Para o proprietário Jairo Cavalcante Filho, o mercado passa por mudanças. “Até meados de 2015, o cenários econômico brasileiro era diferente, os nossos corretores e consultores de imóveis devem estar mais cientes da realidade do mercado, mais antenados e também mais maleáveis a negociação, já que no mercado há um excesso de oferta. A partir do momento que ela aumenta, os preços caem.”

Além disso, o gestor fala ainda sobre as modificações que ocorreram na cidade: “Fortaleza cresceu bastante. Hoje, os bairros têm praticamente vida própria, com seus próprios colégios, comércio ativo, hospitais, laboratórios. Então, para nós estarmos sempre pertos dos clientes, temos que investir na abertura de filiais próximas a eles.”

Negócios Online

Quando o assunto é o meio online, a empresa se mostra bem interessada. “Modéstia à parte, nós sempre fomos um pouco à frente dos demais colegas do mercado quando o assunto é o meio digital, então por isso que sempre que O POVO tem uma ideia, eles nos procuram, porque sabem que a gente vai acatar, e é incrível como sempre acertamos com essa parceria, principalmente no online”, finaliza Cavalcante.
O relacionamento da Fiducial com os Populares do O POVO já existe há mais de 30 anos, o que acaba sendo algo de grande importância para a empresa. “O Populares veio evoluindo com o mercado, por isso é muito representativo o apoio e a parceria que a gente tem com eles”, declara Jairo Filho.

Propriedade
Além da locação e a venda de imóveis, a Fiducial se preocupa com a parte jurídica do processo de compra. O empresário Jairo Filho destaca os cuidados que se deve ter na hora de adquirir uma propriedade. “Todo cliente que compra um imóvel conosco, nós acompanhamos parte de despacho, tanto na escrituração como no registro do imóvel, porque a gente sabe que a venda só é realmente válida depois que o cliente passar por esse processo. E isso acontece pouco no mercado, até por falta de instrução vinda do corretor, o comprador pensa que é só assinar o contrato que já é proprietário do imóvel, mas ele corre grande risco do antigo dono falecer, se separar, enfim, de acontecer uma série de intercorrências. Então, o que a Fiducial aconselha ao cliente é assim que quitar a casa ou apartamento, ele deve correr atrás de fazer o registro e a escritura”, afirma Cavalcante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − dois =