Cuidados necessários para garantir a segurança da reforma de casa



Reformar
uma casa ou apartamento não é uma tarefa fácil, além das preocupações com despesas e o incômodo causado pela obra, o proprietário ainda precisa estar atento aos riscos de uma obra mal executada. Afinal, um erro pode custar vidas.

O engenheiro civil e gerente de obras de construtora da Magis Engenharia, Alessandro Albuquerque, ressalta que o mais importante antes da reforma é contratar um profissional de arquitetura ou de engenharia. “Primeiramente, antes de solicitar a reforma, o cliente precisa ter o projeto em mãos. Procurar os profissionais técnicos, bombeiros, pedreiros, eletricistas, juntamente com um engenheiro ou arquiteto para acompanhar tudo. Esse é o fundamental para uma reforma segura”, afirma.

Ele lembra que toda obra assinada por um profissional registrado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE) traz mais segurança. “Quando você tem um projeto feito por um mestre de obra ou qualquer profissional sem formação superior, você fica sem ter a que recorrer em caso de falhas que comprometem sua segurança. Já quando um profissional do Crea assina uma obra, ele fica responsável por qualquer dano que venha a acontecer posteriormente. Com um profissional, você fica amparado legalmente por qualquer fissura ou dano”, aponta.

Veja 10 aplicativos que vão te dar uma força na reforma de casa

Alessandro aconselha também que, em caso de reformas elétricas, sanitárias ou até estruturais, é preferível que o proprietário desocupe o ambiente para que tenha mais segurança e não impossibilite o trabalho dos profissionais. Ele lembra ainda que para os condomínios, a Lei exige de todo engenheiro ou arquiteto a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), emitida pelo Crea. De acordo com ele, isso traz uma segurança maior na reforma.

Dicas

1- Contratação de profissionais especializados- Arquitetos e Engenheiros são os profissionais que você deve procurar assim que pensar em fazer reformas ou construções.

2- Tenha um plano de reforma. O plano tem um descritivo dos impactos nos sistemas, subsistemas, equipamentos e afins. Por apresentar informações técnicas, o documento só pode ser elaborado por profissional legalmente habilitado.

3-Ao final da obra, documente todas as modificações feitas. Isso é importante em uma análise futura, quando outros pedidos de reforma forem feitos ou quando uma empresa precisar analisar a estrutura atual do imóvel.

4- Não permita que a obra impeça a passagem de escadas de emergência, saídas ou o acesso às mangueiras de incêndio ou que cause peso extra na estrutura. Sempre assegure um lugar específico para que o entulho seja armazenado e descartado.

5-Verifique o estado de conservação dos equipamentos. Andaimes, escadas e outros equipamentos devem estar em ótimo estado de conservação. Isso vai garantir que não haja acidentes na obra.

6-Não modifique ou derrube partes da estrutura da casa. Só um engenheiro ou um arquiteto pode dizer com segurança se uma parede pode ser quebrada. O mesmo vale para os elementos de sustentação, como vigas, pilares e lajes.

7-Se a reforma inclui produção de escadaria, é fundamental ficar atento à altura dos degraus. Escadas mal planejadas podem causar acidentes graves.

8-Em caso de reformas muito grandes, procure saber, consultando órgãos públicos, se é necessário algum alvará ou licença para construção. Isso evita que você tenha dor de cabeça com multas inesperadas.

9-Para ter certeza de que sua obra não oferece nenhum risco a ninguém, é preciso verificar se as normas regulamentadas por lei estão sendo seguidas. Ter a consciência disso evita multa e até embargo — sem falar que evita acidentes.

10-O material inadequado para o seu tipo de obra ou de uso pode causar problemas. Você pode cair se escolher um piso escorregadio para colocar no box do banheiro ou fazer o telhado ruir se usar uma madeira de baixa qualidade. Então, siga o que foi especificado no projeto. Se não tiver um, conheça, pesquise, visite lojas e pergunte para os profissionais o que utilizar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =