Cuidados básicos com o seu pneu


Antes de sair no seu carro é interessante fazer a verificação do seu pneu. A falta de cuidado pode acarretar em uma multa de trânsito que custa R$ 127,69 e cinco pontos na carteira, além de afetar na dirigibilidade e consumo. Por isso, listamos alguns itens que devem ser conferidos:TROCA DO PNEU
Para saber a melhor hora de trocar o pneu, você deve conferir o TWI (Tread Wear Indicator), indicador do desgaste de rodagem. Se ele apresentar uma profundidade do sulco inferior a 1,6 mm, significa que já está no tempo de fazer a substituição.
Outro detalhe que deve ser observado são as laterais dos pneus. Se você perceber que há bolhas e calosidades, significa que a troca deve ser imediata, pois ele corre risco de explodir a qualquer momento.

CALIBRAGEM
A pressão dos pneus deve ser verificada a cada 15 dias e antes de qualquer viagem. Isso porque, se eles ficarem murchos, pode acontecer derrapagens, instabilidade em pista molhada e estouro. O estepe também deve ser calibrado regularmente. Ele deve receber mais pressão, porque pode perder o ar com o tempo.
Não se esqueça de calibrar com os pneus frios e que a pressão indicada será afetada pela a carga do veículo.

CONSERTO
Fique bem atento na hora do conserto do pneu furado, pois algumas formas de recuperar não são tão adequadas. Um exemplo disso é o “macarrão”, um pedaço de borracha que é costurado no local danificado. Algumas borracharias utilizam desse artifício para fazer a recuperação sem ter que desmontar o pneu. No entanto, o recurso é temporário, porque, com o passar o tempo, o “macarrão” pode resultar em um vazamento de ar.

DICAS ADICIONAIS

  • Tome cuidado com a carga colocada em seu carro, pois pode gerar o superaquecimento do pneu e resultar em um desgaste mais rápido do que o esperado.
  • É importante que a cada mês seja realizado o rodízio dos pneus, porque o peso de ambos os lados oscilam constantemente. Para realizar esse revezamento, basta trocar as unidades traseiras com as dianteiras.
  • Evitar passar por cima de superfícies cobertas de óleo, gasolina, gordura e outras substâncias químicas.
  • Preserve o seu pneu de freadas e mudanças bruscas na direção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + doze =